Crimeia informa: todos recrutadores do Estado Islâmico fugiram para a Ucrânia

© Sputnik / Andrey Iglov / Abrir o banco de imagensMapa político mostrando Crimeia como parte da Federação Rússa
Mapa político mostrando Crimeia como parte da Federação Rússa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os radicais envolvidos no recrutamento de muçulmanos da Crimeia para as filas do Estado Islâmico fugiram da península para a Ucrânia, informou nesta segunda-feira o representante do governo da Crimeia Zaur Smirnov.

A procuradora geral da Crimeia, Natalia Poklonskaya - Sputnik Brasil
Procuradora Poklonskaya: Ucrânia não conseguirá sufocar Crimeia com bloqueio alimentar
"Todos que podiam estar potencialmente implicados com o recrutamento abandonaram a Crimeia e não podem retornar de maneira alguma", assegurou Smirnov, que disse ainda ser impossível praticar esse tipo de atividade na Crimeia nos dias de hoje.

O representante do governo disse ainda que essas pessoas se encontram atualmente em território ucraniano, onde continuam a realizar suas tarefas de propaganda entre os muçulmanos ucranianos.

A Crimeia se converteu em região da Rússia após o referendo de maço de 2014, no qual a grande maioria dos habitantes da península votou a favor da reintegração com Moscou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала