Talibã reivindica derrubada de avião de transporte americano no Afeganistão

Nos siga noTelegram
Os militantes do movimento Talibã manifestaram que tinham abatido um avião militar de transporte americano que caiu no leste do Afeganistão, diz a agência France-Presse alegando um anúncio dos terroristas em redes sociais.

Forças de segurança do Afeganistão ocupam posições durante o combate na cidade de Kunduz, norte do Afeganistão, 29 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Opinião: Talibã tomou Kunduz graças à conspiração com autoridades afegãs
Um número total de 14 pessoas, inclusive seis militares estadunidenses, morreram quando um C-130 Hercules da Força Aérea dos EUA caiu no aeroporto de Jalalabad no Afeganistão, relata ABC alegando fonte oficial do Departamento de Defesa americano.

O acidente aconteceu cedo de manhã nesta sexta-feira (2) logo após meia-noite no horário local. Segundo ABC, a bordo seguiam seis tripulantes americanos, cinco contratantes. Todos morreram. Além disso, o acidente levou as vidas de três afegãos no terreno. 

Funcionários do Departamento de Defesa disseram à Sputnik que o status de todos os passageiros e tripulantes do C-130 está sendo verificado e uma colheita adicional de informação é necessária.

Apesar das declarações do Talibã, a causa do acidente ainda não foi determinada e os militares americanos não repararam hostilidades na área na altura da queda do avião de transporte, diz ABC.  

Os talibãs frequentemente exageram os seus sucessos militares. Nomeadamente eles atribuíam-se derrubada de quase todas as aeronaves da OTAN que por uma razão ou outra caiam no Afeganistão.

Agentes das Forças de Segurança do Afeganistão e os soldados norte-americanos - Sputnik Brasil
Um país que atrai: EUA hesitam se querem ficar no Afeganistão
O Lockheed C-130 Hercules é um avião militar turbopropulsor com quatro motores usado para transportar carga e pessoal. 

A situação é instável no Afeganistão desde há uma década e meia, quando, em 2001, a OTAN (junto com os EUA) interferiu na guerra civil. Em 2015, houve vários anúncios de retirada do contingente militar dos EUA e da OTAN. Recentemente a pasta da Defesa estadunidense mostrou vacilação sobre se as tropas americanas permanecem ou abandonam o país.

O movimento militar Talibã lançou uma ofensiva de grande escala no Afeganistão em abril, apesar das tentativas contínuas das autoridades do país de efetuar negociações de paz. Em maio, os militantes cercaram a cidade de Kunduz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала