Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Demanda por blindados russos cresce apesar de sanções do Ocidente

© Sputnik / Ramil SitdikovTanque T-90
Tanque T-90 - Sputnik Brasil
Nos siga no
As sanções do Ocidente contra a Rússia afetaram as empresas do setor de Defesa, mas ao mesmo tempo fizeram crescer a demanda por veículos blindados russos, afirmou Oleg Sienko, diretor geral da empresa Uralvagonzavod, a maior fabricante de tanques do mundo.

Tanque Armata faz rotação da torre em movimento - Sputnik Brasil
Tanque russo Armata realiza manobra nunca antes vista
"Eu mentiria se dissesse que as sanções não afetaram a nossa empresa. Fomos alvo de duras sanções, mas a Europa Ocidental também foi prejudicada", explicou Sienko em uma entrevista à Rossiyskaya Gazeta.

Ao mesmo tempo, afirmou, as sanções provocaram uma demanda crescente de blindados russos como tanques, veículos de combate de infantaria e veículos de transporte de soldados.

"A feira de armas RAE 2015, realizada recentemente na cidade russa de Nizhny Tagil, recebeu visitas não só de especialistas técnicos, mas também de chefes de Estado Maior e de ministros de Defesa de vários países. Isso se deve ao crescente interesse por armamentos russos."

Para Sienko, o Ocidente pode continuar endurecendo as sanções e tentando desacreditar as empresas russas, mas a "guerra verdadeira iniciada no Oriente Médio determinará o valor real do material bélico russo."

Exercises for installing Iskander missile system - Sputnik Brasil
Rússia responderá com mísseis Iskander a armas nucleares dos EUA na Alemanha, diz expert
Sienko também mencionou o salão de armas IDEX-2015, realizado em Abu Dhabi, em fevereiro.

"A empresa Emirates Defense Technology apresentou no salão seu novo projeto, o veículo de infantaria Enigma, e agora acaba de escolher o módulo de combate, que será de fabricação russa com o canhão automático AU-220M", revelou.

Outro equipamento russo que despertou grande interesse entre militares, continuou Sienko, foi o tanque T-90SM.

"O tanque superou com sucesso todos os testes em um dos países árabes e espero que a assinatura do contrato seja anunciada antes do fim do ano", afirmou, ao apontar que "se tudo correr bem, outros contratos serão assinados."

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала