China está pronta a exportar seu helicóptero

© Foto / http://mil.huanqiu.comHelicóptero de combate chinês WZ-19E
Helicóptero de combate chinês WZ-19E - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Há boas notícias para os países que queriam comprar armamentos mais modernos da China exibidos na parada militar em 3 de setembro, porque a China está preste a exportar um dos seus helicópteros militares, informa o jornal chinês People’s Daily.

"O governo aprovou as exportações do helicóptero WZ-19. Com efeito, alguns consumidores estrangeiros estão negociando a hipótese de obter este helicóptero", disse Wu Ximing, designer sênior de helicópteros da Corporação Industrial de Aviação da China.

Veículos militares transportam mísseis balísticos de curto alcance DF-15B passando pela Porta de Tianamen durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Rússia não se preocupa com o aumento do poder militar da China
Wu Ximing deu entrevista à China Daily à margem da terceira exposição China Helicopter Expo.

"Ajustaremos equipamento ou armamentos tendo em conta as exigências específicas. De fato, alguns consumidores potenciais foram envolvidos no processo da elaboração do exemplar do WZ-19", disse.

Wu se recusou de revelar as identidades dos consumidores potenciais, mas fez saber que são os que tradicionalmente utilizam veículos aéreos chineses.

"Comparando com os seus adversários no mercado, o WZ-19E é mais fácil em termos de manejo e manutenção. Tem boas capacidades técnicas e o seu preço é competitivo", frisou Wu Ximing.

Na exposição, que durará cinco dias, o gigante na construção de veículos aéreos está exibindo a versão de exportação do helicóptero de combate WZ-19, que é chamado de WZ-19E. A placa de informações diz que é um helicóptero militar ligeiro usado para realizar ataques ar-superfície contra tanques, veículos blindados e fortificações.
Também pode transportar mísseis ar-ar para combater helicópteros do adversário, diz o quadro.

30 helicópteros WZ-19s que fazem parte das forças aéreas das tropas terrestres do Exército de Libertação Popular chinês participaram da parada militar da semana passada voando sobre a praça de Tianamen em conjunto com dois helicópteros doutro tipo, o WZ-10 e o WZ-9.

O design do WZ-19 tem como base o WZ-9, com origem no helicóptero francês Eurocopter AS365 Dauphin e trabalhará com o helicóptero de combate WZ-10 nas operações militares, dizem fontes.

Elaborado pelo Harbin Aircraft Industry Group (Grupo de Insdústria Aeronáutica de Harbin, subsidiário da AVIC — Corporação de Indústria Aeronáutica da China), o helicóptero tem uma roda de quarto palhetas propulsada por uma turbo-hélice.

Soldados do Exército de Libertação Popular da China desfilam durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da Vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Especialistas: China reduz exército para mostrar apego à paz
Pode atingir a velocidade máxima estabilizada de 245 km por hora e tem o peso máximo de decolagem de 4,51 toneladas métricas e a distância de voo de 700 km, segundo o the Show Daily, o diário sobre indústria publicado pela AVIC durante a exposição.

O helicóptero pode transportar 8 mísseis e 2 lançadores de mísseis. A proteção de pilotos é assegurada pelas placas blindadas e assentos equipados com o sistema de proteção contra choques.

"Será atraente para muitos países em desenvolvimento que não têm grande orçamento militar, mas querem obter um bom helicóptero de combate", afirmou Wu Peixin, especialista da área de aviação.

Na semana passada, a China realizou uma parada militar em Pequim marcando o 70º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial onde exibiu a parte dos seus armamentos mais modernos. Líderes e altos funcionários de quase 50 países, incluindo o presidente russo, Vladimir Putin, participaram das solenidades.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала