Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Lavrov e Kerry discutem regularização na Síria

© REUTERS / Joshua RobertsO chanceler russo Sergei Lavrov e o secretário de Estado norte-americano John Kerry, Sochi, 12 de maio de 2015
O chanceler russo Sergei Lavrov e o secretário de Estado norte-americano John Kerry, Sochi, 12 de maio de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O chanceler russo destacou em uma conversa telefónica com o seu homólogo norte-americano que é necessário confrontar de forma consolidada os grupos terroristas na Síria.

Putin e Obama - Sputnik Brasil
Vice-chanceler: postura dos EUA atrapalha cooperação com Rússia
Segundo o comunicado divulgado no site do Ministério das Relações Exteriores russo, na quarta-feira (9) se realizou uma conversa telefónica entre o ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov e o secretário de Estado norte-americano John Kerry, por iniciativa norte-americana.

"No foco da conversa esteve o assunto da regularização do conflito na Síria que, segundo o Comunicado de Genebra de 30 junho de 2015, pode se tornar possível por meio do diálogo entre o governo sírio e a oposição", diz-se no comunicado.

"Uma vez mais, Lavrov indicou que é necessário lutar de forma consolidada contra os grupos terroristas que controlam parte do território sírio e ameaçam a segurança internacional. O exército sírio sofre enormes perdas combatendo contra estes grupos", informa o Ministério das Relações Exteriores russo.

No comunicado é indicado que Lavrov e Kerry também debateram alguns outros assuntos da agenda internacional e das relações entre a Rússia e os Estados Unidos.

Combatentes do Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Ministro belga: missão militar contra EI na Síria é impossível sem a Rússia
Há que lembrar que a Rússia já propôs um plano de união dos esforços antiterroristas no Oriente Médio. No início de agosto do ano em curso, Sergei Lavrov disse que "o ajustar de contas deve ser deixado para depois" e que agora todos se devem concentrar no problema que é mais importante — o Estado Islâmico.

Segundo o vice-ministro das Relações Exteriores Mikhail Bogdanov, esta iniciativa permitirá evitar o desaparecimento da Síria como país soberano. A luta contra o Estado Islâmico, uma organização terrorista proibida na Rússia e em outros países, deve ser uma prioridade para todos os países, especialmente para os países da região, não obstante as contradições que possam existir entre eles.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала