Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Egito é parceiro número um da Rússia no Oriente Médio

© AP Photo / presidência egípcia/Ahmed FouadVladimir Putin e Abdel Fattah al-Sisi
Vladimir Putin e Abdel Fattah al-Sisi - Sputnik Brasil
Nos siga no
Depois de Vladimir Putin apoiar o presidente egípcio, o Egito se torna um parceiro-chave da Rússia no Oriente Médio, segundo ex-embaixador.

Abdel Fattah al-Sisi, presidente do Egito - Sputnik Brasil
Exclusivo: Entrevista com Abdel Fattah al-Sisi, presidente do Egito
Melkulangara Bhadrakumar, ex-embaixador indiano no Uzbequistão e Turquia, agora jornalista no jornal Asia Times, escreve que o presidente russo tomou uma decisão inteligente quando apoiou a chegada ao poder de al-Sisi, o que suscitou hostilidade em muitos países. 

Isto deu frutos instantaneamente. Passados quatro meses depois de al-Sisi ter ocupado o cargo presidencial, ele firmou com a Rússia um acordo preliminar sobre fornecimento de armas, no valor de cerca de 3,5 milhões de dólares. Segundo o especialista, tal passo foi um ato de insubmissão estratégica aos EUA. 

Agora, quando a comunidade mundial admitiu a legitimidade da vitória de Abdel Fattah al-Sisi nas eleições, os EUA querem estabelecer boas relações com o chefe do Estado. No entanto, al-Sisi se lembra de que Putin o apoiou no momento em que ele especialmente precisava. 

“É evidente que o Egito se torna rapidamente o parceiro número um da Rússia na região do Oriente Médio. Tal decisão estratégica é vantajosa para a Rússia, porque o Egito é o país árabe com a maior população e sempre teve o principal papel na geopolítica da região”, considera Bhadrakumar.

Vladimir Putin e Abdel Fattah al-Sisi - Sputnik Brasil
Rússia e Egito aspiram a formar coalizão com Síria contra Estado Islâmico
Durante a visita de dois dias do presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi a Moscou, os chefes dos dois países discutiram um leque de assuntos, inclusive a situação no Oriente Médio, na África do Norte e a cooperação econômica.

Moscou e o Cairo têm uma rica experiência de cooperação. Durante o período soviético, nas guerras israelo-árabes, os egípcios serviram ao lado de oficiais soviéticos e lutaram com armas soviéticas. 

No total, no Egito foram realizados 111 projetos econômicos com a participação da União Soviética.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала