- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Vladimir Putin deve participar da Assembleia Geral da ONU

© AFP 2022 / Alexey PanovPronunciamento de Vladimir Putin na 60ª sessão da Assembleia Geral da ONU.
Pronunciamento de Vladimir Putin na 60ª sessão da Assembleia Geral da ONU. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou nesta quarta-feira (18) que o presidente russo, Vladimir Putin, poderá participar da próxima sessão da Assembleia Geral da ONU em setembro.

“O presidente está planejando comparecer à sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas. É um evento importante na vida deste organismo em que celebramos 70 anos de seu trabalho”, disse Lavrov.

Vladimir Putin, presidente da Rússia - Sputnik Brasil
Putin: assunto da Crimeia está encerrado
A sessão em comemoração ao 70º aniversário da ONU acontecerá no dia 15 de Setembro. Um número recorde de chefes de Estado é aguardado para a Assembleia Geral, que Putin presidiu por três oportunidades, em 2000, 2003 e 2005.

As relações russas com o Ocidente se deterioraram em meio à crise ucraniana. A União Europeia, os EUA e seus aliados acusam Moscou de agressão aos vizinhos e de interferir nos assuntos internos da Ucrânia e impuseram rodadas de sanções econômicas contra a Rússia. O Kremlin, porém, tem repetidamente negado as acusações e vem lutando por uma solução pacífica para o conflito.

Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas - Sputnik Brasil
Iniciativa dos BRICS de reformar Conselho de Segurança da ONU terá apoio de Ban Ki-moon
A mídia internacional vem noticiando que alguns países apresentarão propostas na Assembleia Geral da ONU para limitar o poder de veto dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, Rússia, China, EUA, França e Reino Unido, impedindo este direito em caso de graves crises humanitárias e crimes contra humanidade.

Moscou defende a ampliação do poder de outros países na ONU, em particular das nações emergentes, como o Brasil e a Índia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала