Indenizações a Cuba não estão na agenda americana

© REUTERS / Jonathan ErnstNesta segunda-feira, 20, Estados Unidos e Cuba restabeleceram relações diplomáticas, após 54 anos de interrupção
Nesta segunda-feira, 20, Estados Unidos e Cuba restabeleceram relações diplomáticas, após 54 anos de interrupção - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
É improvável que Estados Unidos e Cuba discutam indenizações pelas perdas de Havana durante meio século de embargo econômico, afirmou nesta quinta-feira John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado americano.

Fidel Castro - Sputnik Brasil
Fidel Castro diz que EUA devem indenização multimilionária a Cuba
"Há muitas questões no processo de normalização que suspeito que serão abordadas. Não vi nada que indicasse que indenizações sejam uma dessas questões."

Mais cedo, também nesta quinta-feira, o ex-presidente cubano Fidel Castro afirmou que os Estados Unidos devem a Cuba muitos milhões de dólares pelos prejuízos causados ao país durante o embargo econômico imposto pelos EUA.

Washington impôs o embargo a Cuba em 1961, durante a Guerra fria, por causa do antagonismo entre os EUA e o governo comunista de Havana.

Nesta sexta-feira, o secretário de Estado americano, John Kerry, participará da cerimônia de hasteamento da bandeira na embaixada americana em Havana. O local foi reaberto no dia 20 de julho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала