Estado Islâmico afirma que decapitou croata sequestrado no Egito

© AFP 2022 / Tauseef MUSTAFAApoiadores do Estado Islâmico
Apoiadores do Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Estado Islâmico garantiu nesta quarta-feira (12) que decapitou o refém croata, Tomislav Salopek, que havia sido sequestrado no Cairo. Como prova, o grupo jihadista postou uma foto do suposto corpo em uma rede social.

Chanceleres da Rússia e da Arábia Saudita, Sergei Lavrov (direita) e Adel al-Jubeir (esquerda) - Sputnik Brasil
Lavrov: a prioridade é combater o Estado Islâmico, acertar contas é para depois
Os extremistas haviam dado na sexta-feira (7) um prazo de 48 horas para a liberação de mulheres muçulmanas presas no Egito, caso contrário, matariam o cidadão da Croácia. Sob a foto, grupo escreveu: “Execução de prisioneiro da Croácia – que tem participado em guerra contra o Estado islâmico –o prazo terminou”

A agência de notícias oficial croata HINA, citando uma fonte do Ministério das Relações Exteriores do país, publicou que “não há confirmação de que o cidadão Tomislav Salopek foi morto”. A vítima, de 31 anos, seria pai de dois filhos e trabalharia para a empresa francesa de serviços geofísico CGG no Egito.

O sequestro deixou os funcionários estrangeiros em multinacionais no território egípcio apreensivos. O país afirmara que havia intensificado a busca pelo croata após um vídeo de Salopek ser divulgado na quarta-feira (5). O Egito luta contra o Estado Islâmico na Península do Sinai

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала