- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rússia sediará torneio internacional de educação profissional

© Sputnik / Konstantin Chalabov / Abrir o banco de imagensKazan. Foto de arquivo
Kazan. Foto de arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A notícia, divulgada na segunda-feira (10) pela assessoria de imprensa do presidente da república de Tartarestão, foi conhecida após a sessão da Assembleia Geral do World Skills em São Paulo.

Kazan competia pelo direito de acolher no solo russo esta competição internacional de educação profissional ao lado de Paris (capital francesa) e Charleroi (Bélgica).

Emblema oficial da Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018 é revelado - Sputnik Brasil
Rússia elabora nova estratégia contra o racismo para a Copa do Mundo 2018
A sessão contou com a participação do próprio presidente interino do Tartarestão, Rustam Minnikhanov, o chefe da World Skills Russia, Pavel Chernhykh, a vice-chefe do governo russo, Olga Golodets, o diretor da estatal nuclear Rosatom, Sergei Kirienko, e o prefeito de Kazan, Ilsur Metshin.

O presidente do Tartarestão frisou que esta região russa ajudará a quem quiser participar do evento no seu território, daqui a quatro anos:

“Hoje, todos estamos nos desenvolvendo intensivamente. Mas temos que compreender que nem todos os países possuem recursos suficientes para participar deste tipo de atividade. Por isso, nós estamos prontos para prestar ajuda financeira a todos os que quiserem vir para tomar parte das competições World Skills de 2019 em Kazan”.

Já o ministro da Educação da Federação da Rússia, Dmitry Livanov, assegurou que a parte russa desenvolverá todos os preparativos necessárias ao mais alto nível:

“Serão criadas condições mais favoráveis de apoio federal: um regime de entrada no território da Federação da Rússia sem visto para os participantes do torneio, a segurança será reforçada para eles, e também a importação com isenção de taxas aduaneiras de todo o equipamento necessário para a realização do torneio”. 

Por seu turno, Sergei Kirienko qualificou a escolha de Kazan como “muito positiva” para a Rússia – já que “permite aumentar o prestígio das profissões manuais e técnicas” na Rússia.

“Vejam só que sanções, vejam só que restrições: de 57 países [que votaram], a maioria votou a favor do pedido russo!”, comentou o chefe da Rosatom.

Plataforma da Petrobras - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governo: Mudanças nas regras de partilha do pré-sal vão prejudicar educação
A eleição do país para sede do World Skills 2019 teve lugar com a participação de 57 países. A organização d o torneio é integrada por 69 países.

A cidade de Kazan foi apontada como vencedora desde a primeira ronda da votação: 28 votos contra 24 de Paris e 5 de Charleroi, sem alcançar a meta necessária de 29 votos. Já na segunda ronda, 31 países votaram pela cidade russa, contra 26 que prefeririam Paris.

O torneio World Skills é organizado a cada dois anos pela organização internacional Vocation Training Organization, desde 1950. A Rússia foi o 60º país membro da iniciativa, em 2012.

Em 2014 Bogotá (Colômbia) sediou a edição regional do torneio, World Skills Americas, com o Brasil como vencedor. O segundo lugar pertenceu à Colômbia, e os participantes dos EUA foram os terceiros colocados.

Kazan já sediou uma série de eventos internacionais, inclusive a Universíada 2013 e o campeonato mundial de esportes aquáticos, que acaba de terminar neste agosto de 2015.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала