Ataques no Iraque deixam pelo menos 33 mortos

© AP Photo / Khalid MohammedUm miliciano xiita reza em frente a uma cova onde se acredita estar o corpo de um soldado iraquiano.
Um miliciano xiita reza em frente a uma cova onde se acredita estar o corpo de um soldado iraquiano. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pelo menos 33 pessoas morreram nesta segunda-feira (10) em três ataques, dos quais dois atentados suicidas com carros-bomba, na província de Diyala, no Nordeste do Iraque, segundo informações da polícia iraquiana e de equipes de socorro.

Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria - Sputnik Brasil
EUA e aliados realizam quase 30 ataques aéreos na Síria e no Iraque em um único dia
Um primeiro atentado suicida deixou 20 mortos e 45 feridos em um mercado de Hwayder. Um segundo ataque semelhante matou pelo menos dez pessoas e deixou outros dez feridos em Kanaan. De acordo com as mesmas fontes, um atentado à bomba matou três pessoas e feriu quatro em Wathba.

Os ataques ocorreram perto de Baquba, capital de Diyala. A polícia do Iraque ainda não sabe quantas das vítimas eram civis. As explosões, que atingiram principalmente áreas xiitas, foram registradas menos de um mês após um grande atentado suicida, que deixou pelo menos 120 mortos em Khan Bani Saad, também em Diyala.

Depois do ataque de 17 de julho em Khan Bani Saad, as autoridades provinciais reforçaram a segurança na província, sobretudo em Baquba, a cerca de 70 quilômetros a Norte de Bagdá.

Os ataques de hoje não foram reivindicados por qualquer grupo, ainda que revelem as mesmas características dos realizados pelo grupo Estado Islâmico, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала