Kiev trava retirada de armas em Donbass

© AP Photo / Evgeny MaloletkaCanhão e bandeira ucraniana em Donbass
Canhão e bandeira ucraniana em Donbass - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoproclamadas repúblicas populares de Donets e Lugansk acusaram Kiev, nesta terça-feira, de obstruir a assinatura do acordo sobre a retirada de armas de calibre inferior a 100 mm no Leste da Ucrânia.

Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko em visita a base militar nos arredores de Kiev em 4 de abril de 2015 - Sputnik Brasil
Poroshenko condecora oficial que matou criança dirigindo bêbado em Donbass
“A situação sobre a retirada de armas de calibre inferior a 100 mm foi travada pela Ucrânia”, informou o Centro de Informação de Lugansk, citando Denis Pushilin e Vladislav Deinego, enviados de Donbass às conversas de reconciliação realizadas nesta terça.

“Temos que mostrar uma clara sabotagem pela Ucrânia e apontar tentativas do lado ucraniano de obstruir a retirada de qualquer maneira”, ressaltaram os enviados, que afirmaram ainda que Donetsk e Lugansk são a favor da retirada imediata das armas da linha de contato, mas “a Ucrânia aparentemente quer que a guerra continue e frustra a retirada.”

A Ucrânia lançou uma operação militar em abril de 2014 nas províncias de Donetsk e Lugansk para apagar os focos de indignação pela violenta mudança de poder no país, ocorrida em fevereiro.

Após vários meses de hostilidades, um cessar-fogo foi alcançado nos Acordos de Minsk, firmados em 12 de fevereiro deste ano, com a participação de Rússia, Ucrânia e OSCE.



Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала