Polícia turca realiza operações de limpeza contra adeptos do EI

© AFP 2022 / BULENT KILICForças especiais turcas em Istambul
Forças especiais turcas em Istambul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Depois do atentado terrorista em Suruc e confrontos fronteiriços, a polícia turca realizou uma operação de limpeza contra adeptos de organizações terroristas.

Soldados turcos guardam fronteira com a Síria, na região de Sanliurfa - Sputnik Brasil
Turquia busca apoio dos EUA para cortar fluxo de terroristas estrangeiros
Uma fonte na Direção de Segurança de Istambul informou a Sputnik que 251 pessoas em total foram detidas durante as operações policiais realizadas em todo o país. Uma mulher foi morta a tiros durante a sua detenção em Istambul. Em total, 98 cidadãos turcos e 38 estrangeiros supostamente ligados a organizações terroristas, inclusive o Estado Islâmico (EI) e Partido dos Trabalhadores do Curdistão, foram detidos em Istambul.

As operações em Istambul abrangeram 140 endereços. Em Ancara foram detidas nove pessoas em 12 endereços. Na província de Sanliurfa que fica junto à Síria, foram detidas 39 pessoas.

A informação sobre os cidadãos estrangeiros detidos durante as operações está sendo precisada. Em total, em todo o país, cerca de sete mil funcionários de segurança participaram das operações.

Nesta quinta-feira (23), terroristas do Estado Islâmico abriram fogo contra um posto de fronteira das Forças Armadas da Turquia na região de Kilis, matando um suboficial e ferindo outros dois soldados. O ataque foi respondido imediatamente pela Defesa turca, que matou pelo menos um combatente extremista e destruiu vários veículos utilizados pela organização.

Combatentes do Estado Islâmico (EI). - Sputnik Brasil
Turquia prende 21 supostos membros do Estado Islâmico em grande operação pelo país
Anteriormente na última segunda-feira, houve um ataque terrorista na cidade de Suruc (20), localizado na zona fronteiriça junto à Síria, que matou 32 pessoas e deixou mais de 100 feridos. A bomba explodiu em frente ao centro cultural Amara, onde se reuniam os curdos turcos e os membros de organizações da juventude que estavam prontos para ir para a Síria ajudar a reconstruir a cidade Kobane, afetada por ataques do Estado islâmico. Estes acontecimentos induziram a polícia turca a realizar as operações de limpeza.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала