Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Operação Ágata 9 monitora 4 mil quilômetros de fronteiras com Bolívia e Paraguai

© Sargento Batista/ Agência Força AéreaOperação Ágata 8
Operação Ágata 8 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Teve início na quarta-feira, 22, a Operação Ágata 9, reunindo 4,2 mil militares, com apoio de agentes governamentais. A ação tem como objetivo combater crimes transfronteiriços como contrabando, tráfico de drogas e de pessoas, de armas e munições, exploração sexual, evasão de divisas, crimes ambientais, roubo de veículos e garimpo ilegal.

Nesta edição da Operação Ágata, os militares estão fiscalizando 4.045 quilômetros de fronteira do Brasil com a Bolívia e o Paraguai. As tropas atuam em 166 municípios, desde Vista Alegre do Abunã (RO) a Foz do Iguaçu (PR). A operação envolve os Estados de Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná, com o centro instalado na sede do Comando Militar do Oeste, em Campo Grande (MS).

Pela primeira vez a ação vai contar com a tecnologia do Sisfron – Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira, projeto estratégico do Exército implantado em Dourados (MS).

As Forças Armadas estão utilizando 57 veículos, entre aeronaves, viaturas e embarcações, além do emprego de 4.201 pessoas de 46 instituições e órgãos públicos.

No ano passado, a Operação Ágata ocorreu às vésperas da Copa do Mundo, tomando a fronteira brasileira do Oiapoque, no Amapá (AP), ao Chuí (RS). Na ocasião foram apreendidos 36 mil quilos de drogas. Em 2013, a ação também foi realizada em função da Copa das Confederações e da Jornada Mundial da Juventude.

Desde a primeira edição da Ágata, em 2011, até a oitava, realizada no ano passado, foram inspecionados 731.292 veículos e 253 aeronaves, 34.658 embarcações apreendidas, vistoriadas ou notificadas, e apreendidos 229 armas, 21,9 toneladas de explosivos e 68,1 toneladas de drogas.

A Operação Ágata também promove ações recreativas e esportivas para crianças e adolescentes; de cidadania, com a emissão de documentos de identidade e carteiras de trabalho; e de atendimento médico-social para a população das regiões por onde passa. Em 2014 foram prestados 12.443 atendimentos em diversas especialidades médico-hospitalares e 16.655 odontológicas. Para a população mais carente dos municípios de fronteira foram distribuídos 226.346 medicamentos.

Como parte das ações em prol da sociedade civil, em 2014, com a Ágata 8, os militares recuperaram 62km de trechos de rodovias e realizaram manutenção e reparo em 104 instalações públicas, entre elas, escolas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала