- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Dilma e Lula discutem medidas para combater a impopularidade

© AP Photo / Andre PennerDilma Rousseff e Luís Inácio Lula da Silva durante encontro da cúpula do PT em São Paulo
Dilma Rousseff e Luís Inácio Lula da Silva durante encontro da cúpula do PT em São Paulo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A presidenta Dilma Rousseff se reuniu na tarde desta terça-feira (14) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma Rousseff, presidente do Brasil, discursa em Brasília - Sputnik Brasil
Dilma Rousseff: “Não tenho medo de impeachment; respondo pelos meus atos”
Ao lado de ministros e do presidente nacional do PT, Rui Falcão, os dois discutiram a situação enfrentada pelo governo atualmente e a necessidade de se intensificar as viagens da presidenta pelo país para divulgar as ações positivas do seu mandato.

Na reunião, Lula sugeriu medidas que Dilma deveria adotar com o objetivo de implantar uma agenda positiva para superar as dificuldades. Com índice de aprovação de 9%, segundo pesquisa Pesquisa CNI/Ibope divulgada em junho, a presidenta enfrenta a manifestação de setores que discutem possíveis pedidos de impeachment.

No encontro com Dilma, Lula ressaltou a necessidade de a presidenta viajar mais pelo país para mostrar as ações positivas do governo. A intensificação das visitas de ministros a estados brasileiros também foi proposta pelo ex-presidente. Ele destacou ainda a importância de Dilma ter mais encontros com movimentos sociais.

From left in front row: Russian President Vladimir Putin, Indian Prime Minister Narendra Modi, Brazilian President Dilma Rousseff, Chinese President Xi Jinping walk for a plenary session during the summit in Ufa, Russia, Thursday, July 9, 2015 - Sputnik Brasil
Analistas políticos e econômicos comentam as declarações de Dilma Rousseff à mídia russa
O encontro no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, durou cerca de quatro horas e não estava previsto na agenda oficial de Dilma. Participaram da conversa os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, da Defesa, Jaques Wagner, da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, e da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала