Debandada deixa 27 mortos em festival religioso na Índia

© REUTERS / R NarendraDevotos hindus no festival de Maha Pushkaralu, à beira do rio Godavari em Rajahmundry, no estado indiano de Andhra Pradesh
Devotos hindus no festival de Maha Pushkaralu, à beira do rio Godavari em Rajahmundry, no estado indiano de Andhra Pradesh - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pelo menos 27 pessoas morreram e outras 29 ficaram feridas na sequência de uma debandada ocorrida durante um festival religioso no sul da Índia, segundo relatos da mídia local.

Segundo o jornal Hindu Times, a tragédia aconteceu pouco tempo após o início do festival nesta segunda-feira (14), nas primeiras horas da manhã, na cidade de Rajahmundry, no estado de Andhra Pradesh. 

Uma multidão de centenas de pessoas teria forçado a passagem em três portões que davam acesso ao rio Godavari, ponto central das celebrações do festival religioso de Godavari Maha Pushkaralu, comemorado uma vez a cada 144 anos, durante 12 dias.

Relatos locais informam que a confusão teria começado quando o primeiro grupo de peregrinos estava saindo do rio, depois de ter mergulhado, impedindo a entrada de outras pessoas que queriam entrar no Godavari no momento considerado mais auspicioso pelos hindus.

No Twitter, o primeiro-ministro indiano, Narenda Modi, lamentou a perda de vidas em Rajahmundry, ofereceu condolências às famílias das vítimas e orações pela recuperação dos feridos.

Parakala Prabhakar, porta-voz do estado de Andhra Pradesh, informou que pelo menos dois dos feridos estão em estado crítico.

As autoridades do país estimam que pelo menos 24 milhões de pessoas participem do festival de Maha Pushkaralu este ano. As celebrações acontecem em vários pontos ao longo do rio, que atravessa os estados de Andhra Pradesh e Telengana.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала