Vice-ministro russo diz que teste de bomba nuclear dos EUA é uma provocação

© flickr.com / Dave Bezaire & Susi Havens-BezaireBomba nuclear B61.
Bomba nuclear B61. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Antonov, afirmou nesta segunda-feira (13) que os testes norte-americanos com uma bomba nuclear são uma provocação.

A bomba B61-12 sem ogiva foi testada várias vezes por um caça F-15E dos EUA a partir do polígono de Tonopah, em Nevada, no oeste do país. Segundo especialistas internacionais, o teste tem a ver com a modernização prevista do arsenal nuclear norte-americano na Europa.

“As ações do lado os EUA na situação atual são abertamente provocadoras e contrárias ao desejo declarado de Washington para o desarmamento nuclear completo”, disse Antonov.

Estados Unidos (EUA) testam armas nucleares em Nevada - Sputnik Brasil
Especialista: nova bomba nuclear ‘atingirá’ os próprios EUA
O vice-ministro afirmou que, em particular, o teste foi realizado usando um caça-bombardeiro F-15E, o que leva a crer que “foi realizado a fim de examinar a possibilidade de utilizar a bomba nuclear B61-12 com caças-bombardeiros da OTAN estacionados na Europa”.

O presidente dos EUA, Barack Obama, começou seu mandato sob a política de “zero nuclear”, com o objetivo de livrar completamente o mundo das armas atômicas. Em 2010, sua administração selou com a Rússia um acordo de reduções de armas nucleares sob o novo Tratado Start, visando reduzir o arsenal de ambos os lados para 2.000 armas nucleares até 2018.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала