Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

OMS sugere aumento de impostos contra o tabagismo e elogia Brasil e Rússia

© Fotos Públicas / USP ImagensCigarro.
Cigarro. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um apelo nesta terça-feira (7) a todos os governos nacionais para que apertem o cinto contra o tabagismo. A entidade pediu a elevação das taxas de impostos sobre o tabaco para aumentar a receite seus sistemas de saúde e diminuir o número de mortes causadas pelo consumo do produto.

Nesta terça-feira (7), em Manila, a OMS divulgou o relatório Epidemia Global do Tabaco de 2015. O documento mostra que 33 países cobram impostos superiores a 75% sobre o preço do maço de cigarros, conforme recomenda a entidade, e lamenta o fato de muitas nações terem taxas extremamente baixas.

“Aumentar os impostos sobre os produtos do tabaco é uma das maneiras mais eficazes – e de baixo custo – de reduzir o consumo de produtos que matam e, ao mesmo tempo, gerar receitas substanciais. Eu encorajo todos os governos a olhar para as provas, e não para os argumentos da indústria, e que adotem uma das melhores opções de política disponíveis para a saúde”, destacou no relatório a diretora-geral da OMS, Margaret Chan.

Cigarros - Sputnik Brasil
Número de fumantes no Brasil caiu 30% em 8 anos
O relatório relata que o aumento de impostos é a medida menos adotada do pacote MPOWER pelos países. O conjunto de seis ações proposta pela entidade vem sendo mais implementada em sete nações – Brasil, Irã, Madagascar, Nova Zelândia, Panamá, Turquia e Uruguai – onde são aplicados quatro ou mais dos pontos sugerido pela OMS.

A Rússia mereceu especial atenção no relatório Epidemia Global do Tabaco de 2015. A entidade elogiou os avanços russos com o endurecimento das leis contra o tabagismo a partir de fevereiro de 2013. O documento destaca a proibição de fumar em locais públicos como uma importante medida de combate no país.

“A vontade política, juntamente com a aplicação eficaz da lei antifumo, pode agudamente reduzir o tabagismo e a exposição ao fumo passivo em todos os locais onde é proibido fumar”, destaca o relatório sobre a Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала