Kiev confirma retirada das milícias em Shirokino

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaSoldados ucranianos na vila de Shirokino, perto de Mariupol
Soldados ucranianos na vila de Shirokino, perto de Mariupol - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa da Ucrânia confirmou que os milicianos abandonaram a localidade de Shirokino, uma das zonas de maior tensão em Donbass.

Nesta quinta-feira, o vice-Chefe de Estado Maior da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD), Eduard Basurin, declarou que as milícias retiraram todas suas forças de Shirokino.

"Os observadores do Centro Conjunto não detectaram hoje bombardeios dessa localidade. Confirmamos também a retirada dos terroristas de Shirokino que se prolongou até a manhã de 2 de julho", diz o comunicado ao referir-se aos milicianos.

Ainda assim, a Defesa informou que o Centro Conjunto para o Controle e Coordenação (JCCC, na sigla em inglês) e a Missão de Observação da OSCE preveem estabelecer em Shirokino um ponto de controle permanente.

Shirokino fica localizada na costa do Mar de Azov, entre as cidades de Mariupol, controlada pelas tropas ucranianas, e Novoazovsk, que está sob poder das milícias de Donbass.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала