Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Manifestantes na Armênia apresentam três demandas para governo

© Sputnik / Grant KhachatryanManifestações em Erevan
Manifestações em Erevan - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os manifestantes pedem que as autoridades armênias desacelerem o aumento das tarifas de energia elétrica, iniciarem negociações sobre a redução das tarifas com ativistas e chamarem a responsabilidade os policiais que usaram a força contra os jornalistas no início desta semana.

“Nós não pertencemos a nenhuma força política. Nós estaremos sempre com o povo, não deixando o roubo”, declararam eles.

As manifestações começaram no centro de Erevan na segunda-feira, quando a Comissão Estatal de Regulação de Serviços Públicos anunciou o reajuste da tarifa de eletricidade no país. A manifestação, bastante desorganizada, foi dispersada pela polícia para evitar eventuais desordens.

Na terça-feira, os manifestantes voltaram às ruas, ocupando a praça da Liberdade, no centro da capital, e depois, marchando rumo à residência do presidente, Serj Sargsyan, pela avenida Bagramian. Cerca de 240 pessoas foram detidas.

Na quinta-feira à noite, os manifestantes rejeitaram o pedido do primeiro-ministro abandonar as avenidas centrais da cidade.

Agora, a situação está mais ou menos tranquila. Os manifestantes cantaram canções patrióticas e dançam.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала