Rússia pode fortalecer presença militar em Kaliningrado

© Sputnik / Igor Zarembo / Abrir o banco de imagensCaça Su-27 na região de Kaliningrado
Caça Su-27 na região de Kaliningrado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com um parlamentar russo, o país pode reforçar sua presença no exclave báltico de Kaliningrado em resposta ao posicionamento de armas americanas na Europa.

Primeiro-ministro estoniano, Taavi Roivas (esquerda), e o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg (direita) após ter acordado a presença da Aliança Atlântica na base aérea de Amari, na Estônia, em novembro de 2014. - Sputnik Brasil
A convite da Estônia, EUA ampliam sua presença militar perto da Rússia
A Rússia pode fortalecer sua presença militar no exclave báltico de Kaliningrado em resposta ao posicionamento de armas do Estados Unidos no Leste Europeu, afirmou um parlamentar russo nesta terça-feira.

Mais cedo, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter, confirmou a intenção americana de posicionar 250 tanques em sete países do Leste Europeu e dos Bálcãs.

“Isto será primeiramente refletido no princípio do aquartelamento territorial de nossas tropas no território de nosso país, inclusive, acredito, a região de Kaliningrado”, disse o vice-líder do Comitê de Defesa do parlamento russo, Sergey Zhigarev, à rádio russa Govorit Moskva.

A OTAN aumentou sua presença militar ao longo das fronteiras com a Rússia após acusações de interferência russa na crise ucraniana. Moscou seguidamente negou as alegações e enfatiza que a expansão militar em direção às fronteiras russas prejudicam a segurança regional e aumenta as tensões.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала