Ex-presidente da Geórgia, acusado de crimes, é nomeado governador de Odessa

Nos siga noTelegram
O presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko apresentou no sábado o ex-presidente da Geórgia, Mikheil Saakashvili, como o novo governador de Odessa.

Poroshenko disse durante seu discurso que ele gostaria de ver como a vida dos moradores da região irá melhorar em apenas um ano e que isso é a tarefa para o novo governador. O recém-nomeado prometeu fazer de Odessa "a capital do mar Negro."

Na sexta-feira Saakashvili escreveu na sua página em Facebook que ama a cidade. No sábado, foi relatado que ele recebeu oficialmente a cidadania ucraniana. 

A nomeação de Saakashvili foi uma ação inesperada para muitos políticos da elite pós-Maidan da Ucrânia. O oligarca e ex-governador da região de Dnepropetrovsk, Igor Kolomoisky, conhecido por uma série de brigas políticas com o presidente ucraniano, afirmou estar "surpreendido" com a nomeação e acrescentou com desprezo que Saakashvili será uma "figura temporária, que vai entregar Odessa para os russos, e, em seguida, vamos ter de lutar para recuperá-la de volta".

O líder do Partido Radical, Oleg Lyashko também comentou que a decisão de nomear um estrangeiro para este cargo é uma "humilhação da nação ucraniana, reconhecendo perante o mundo inteiro que os ucranianos não são capazes de estabelecer a ordem no seu próprio país".

Saakashvili, que governou a Geórgia entre os anos de 2004 e 2013, é acusado por uma série de crimes em seu país, incluindo violações dos direitos humanos, abuso de poder, desvio de fundos e desfalque de mais de 5 milhões de dólares. A Geórgia pediu repetidamente à Ucrânia para extraditar Saakashvili.

© Foto / BBC screenshotSaakashvili mastiga a gravata, esperando a entrevista à BBC
Saakashvili mastiga a gravata, esperando a entrevista à BBC - Sputnik Brasil
Saakashvili mastiga a gravata, esperando a entrevista à BBC
O ex-presidente também é conhecido por sua invasão fracassada na região da Ossétia do Sul em agosto de 2008, que coincidiu com os Jogos Olímpicos de Verão de Pequim e provocou uma resposta militar da Rússia. O conflito desastroso levou o reconhecimento oficial por parte da Rússia da Ossétia do Sul e da Abkházia como Estados independentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала