O mundo contra os alimentos transgênicos

Nos siga noTelegram
Uma onda de manifestações contra os alimentos transgênicos passou por todos os cantos do mundo. A palavra de ordem principal foi: "Não queremos comer transgênicos".

Uma onda de manifestações contra os alimentos transgênicos passou por todos os cantos do mundo. A palavra de ordem principal foi: "Não queremos comer transgênicos". Os ativistas manifestaram-se contra a Monsanto Co que é uma das empresas maiores de produção de alimentos transgênicos localizada no Chile. Manifestantes queriam destacar o perigo potêncial que vem da comida transgênica. 

© REUTERS / Ginnette RiquelmeManifestações contra os alimentos transgênicos no México.
Manifestações contra os alimentos transgênicos no México. - Sputnik Brasil
1/9
Manifestações contra os alimentos transgênicos no México.
© Sputnik / Kaveh RostamkhaniParticipante de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Berlim.
Participante de protesto contra os alimentos trasgênicos durante a minifestação em Berlim. - Sputnik Brasil
2/9
Participante de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Berlim.
© AP Photo / Kamil ZihniogluParticipantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Paris.
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante a minifestação em Paris. - Sputnik Brasil
3/9
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Paris.
© Sputnik / Kaveh RostamkhaniParticipantes de protesto contra a Monsanto Co em Berlim. As ativistas manifestam-se contra os alimentos transgênicos.
Participantes do protesto contra a Monsanto Co em Berlim. As ativistas manifestam-se contra os alimentos transgênicos. - Sputnik Brasil
4/9
Participantes de protesto contra a Monsanto Co em Berlim. As ativistas manifestam-se contra os alimentos transgênicos.
© Sputnik / Alexey AgarychevParticipantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Washington.
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante a minifestação em Washington. - Sputnik Brasil
5/9
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Washington.
© Sputnik / Alexey AgarychevParticipantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Washington.
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante a minifestação em Washington. - Sputnik Brasil
6/9
Participantes de protesto contra os alimentos trasgênicos durante manifestação em Washington.
© Sputnik / Kaveh RostamkhaniNo cartaz está escrito: "Monsanto". É uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos.
No cartaz está escrito: Monsanto. É uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos. - Sputnik Brasil
7/9
No cartaz está escrito: "Monsanto". É uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos.
© AFP 2022 / Robyn BeckProtestos contra os alimentos trasgênicos em Los Angeles.
Protestos contra os alimentos trasgênicos em Los Angeles. - Sputnik Brasil
8/9
Protestos contra os alimentos trasgênicos em Los Angeles.
© REUTERS / Rayen LunaProtestos contra os alimentos transgênicos durante uma manifestação contra a Monsanto no Chile. Um manifestante com um cartaz que diz "Eu não quero comer transgênicos", durante as manifestações contra a Monsanto Co - uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos, na cidade de Santiago, 23 de maio de 2015.
Protestos contra os alimentos transgênicos durante a manifestação contra a Monsanto no Chile. Um manifestante com um cartaz que leia Eu não quero comer transgênicos, durante as manifestações contra a Monsanto Co - uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos, na cidade de Santiago, 23 de maio de 2015. - Sputnik Brasil
9/9
Protestos contra os alimentos transgênicos durante uma manifestação contra a Monsanto no Chile. Um manifestante com um cartaz que diz "Eu não quero comer transgênicos", durante as manifestações contra a Monsanto Co - uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos, na cidade de Santiago, 23 de maio de 2015.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала