Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Conservador Andrzej Duda derrota Bronislaw Komorowski em eleições presidenciais na Polônia

© AFP 2021 / WOJTEK RADWANSKI  / Abrir o banco de imagensAndrzej Duda, candidato à presidência da Polônia, comemora com sua família após pesquisas de boca de urna indicarem sua vitória sobre o atual governante, Bronislaw Komorowski, com 53% dos votos
Andrzej Duda, candidato à presidência da Polônia, comemora com sua família após pesquisas de boca de urna indicarem sua vitória sobre o atual governante, Bronislaw Komorowski, com 53% dos votos - Sputnik Brasil
Nos siga no
Andrzej Duda, candidato do partido conservador Lei e Justiça, foi o grande vitorioso do segundo turno das eleições presidenciais realizadas neste domingo na Polônia. Embora o resultado final do pleito ainda não tenha sido divulgado, o atual chefe de Estado, Bronislaw Komorowski, já reconheceu a derrota e parabenizou o adversário.

Segundo pesquisas de boca de urna, Duda alcançou 53% dos votos, contra 47% de Komorowski. A vitória do eurodeputado de 43 anos, pouco conhecido até o início da campanha, deve ser oficialmente confirmada nesta segunda-feira. 

Presidente da Polônia, Bronislaw Komorowski. - Sputnik Brasil
Presidente da Polônia perde o primeiro turno das eleições

Em discurso de agradecimento aos seus eleitores, o atual presidente, da Plataforma Cívica, disse que respeita a escolha do povo e desejou sorte ao governante eleito. Por sua vez, Andrzej Duda, que já havia vencido o primeiro turno das eleições, no início do mês, com 34,8% da preferência, disse que aqueles que votaram nele hoje votaram na mudança, e que, juntos, eles poderão mudar a Polônia.  

Especialistas consideram que a vitória de Duda, que deve tomar posse em agosto, pode facilitar o retorno do líder e fundador de seu partido, Jarosław Kaczyński, que foi primeiro-ministro do país entre os anos de 2006 e 2007. A cinco meses das eleições parlamentares, outros acreditam que pode funcionar também como um alerta para a atual premier, Ewa Kopacz, líder da Plataforma Cívica, dadas as divergências entre os dois grandes partidos da direita polonesa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала