Obama aprova: Congresso revisará acordo final com o Irã

Nos siga noTelegram
Presidente dos EUA assina lei que requer revisão do Congresso para qualquer acordo final entre o P5+ 1 e o Irã.

As forças de segurança do Iraque detem supostos militantes do Estado Islâmico durante uma operação. - Sputnik Brasil
Irã está ganhando força na região e pretende acabar com o Estado Islâmico
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou uma lei que requer revisão do Congresso para qualquer acordo final entre os países do P5+1 e o Irã. A Casa Branca divulgou a informação nesta sexta-feira.

No dia 14 de maio de 2015, o Congresso dos EUA aprovou o Ato de Revisão do Acordo Nuclear Iraniano de 2015, que dá aos legisladores 60 dias para revisar totalmente qualquer acordo nuclear feito com o Irã. Durante o período de 60 dias, o Presidente não poderá suspender sanções impostas pelo Congresso ao Irã.

Em 2 de abril de 2015, na Suíça, o Irã e o P5+1 — grupo composto por EUA, França, Rússia, China e Reino Unido, além da Alemanha — chegaram a um acordo para os moldes iniciais de um pacto sobre o programa nuclear iraniano. A data-limite para que se chegue a um texto final é 30 de junho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала