Gérard Depardieu declara amor por Putin e fala sobre Ucrânia

© Sputnik / Grigoriy Sisoev / Abrir o banco de imagensGérard Depardieu
Gérard Depardieu - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ator francês Gérard Depardieu chamou mais uma vez a atenção dos tablóides ao declarar seu amor pelo presidente russo Vladimir Putin e expor a sua opinião sobre a crise na Ucrânia. A polêmica fala se deu durante a apresentação de seu novo filme "Valley of love", em Cannes, na França.

"Monsieur Putin, eu o conheço muito bem e gosto muito dele. Viajo muito para a União Soviética, ou melhor, para a Rússia" – disse Depardieu confundindo o nome de seu querido país, o que, por sua vez, despertou risos entre os jornalistas.

Respondendo a perguntas sobre a Ucrânia, o ator, no entanto, declarou não entender nada do assunto.

"Assim como todos, eu estou chocado. Conhecia muito bem o presidente Viktor Yushenko, gosto muito dos ucranianos, mas a discussão de conflitos não é de minha competência… Não gosto da guerra, não gosto de conflitos, porque isso provoca a morte de pessoas" – explicou Depardieu.

Depardieu recebeu a cidadania russa no início de 2013, mantendo, no entanto, a sua cidadania francesa. Em abril do ano passado também chegou a fazer elogios ao líder russo, quando anunciou em entrevista a uma revista francesa a intenção de inaugurar uma rede de cafés em Moscou e São Petersburgo.

Também no ano passado, a empresa suíça Cvstos lançou por encomenda de Gérard Depardieu uma coleção exclusiva de relógios denominada “Me orgulho de ser Russo” (Gérard Depardieu Edition "Proud to be Russian").

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала