Poroshenko condiciona a realização de eleições em Donbass à trégua e retirada de armas

© Sputnik / Nikolai Lazarenko / Abrir o banco de imagensPyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia
Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Eleições locais na autoproclamada República Popular de Donetsk só serão realizadas caso o cessar-fogo e uma retirada completa das armas pesadas aconteçam, disse o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko.

"Iniciar o diálogo sobre o modo pelo qual as eleições locais seriam realizadas será possível somente após o cessar-fogo completo e a retirada do armamento pesado, verificado pela OSCE", disse o presidente após se reunir com representantes de Kiev em subgrupos do Grupo de Contato para Donbass.

Foguetes Grad usados pelas tropas ucranianas em Donbass - Sputnik Brasil
OTAN exorta Ucrânia a cumprir Acordos de Minsk
De acordo com um comunicado no site do presidente, além de Poroshenko a reunião contava com a presença do Primeiro Ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk e do secretário do Conselho Nacional de Segurança e Defesa da Ucrânia Alexander Turchinov. 

Foram abordados pontos da agenda, em particular, discutiu-se a troca de prisioneiros e a coordenação com organizações internacionais para fornecer ajuda humanitária à Donbass. Poroshenko também salientou a importância de recuperar o controle sobre a fronteira russo-ucraniana.

A solução para a situação em Donbass é debatida em diversos formatos, incluindo as reuniões do Grupo de Contato (composto por Rússia, Ucrânia e OSCE) em Minsk desde setembro de 2014,onde foram aprovados três documentos que determinam as medidas para neutralizar o conflito.

Donbass - Sputnik Brasil
Donbass teme uma forte ofensiva de Kiev, assegura um brigadista espanhol
O documento final de 12 de fevereiro estabelece, nomeadamente, o cessar-fogo, a retirada das armas pesadas e a criação de uma zona de segurança. No entanto nem todos os pontos estão sendo plenamente cumpridos, especialmente o que trata da trégua.

As partes do conflito seguem trocando acusações de a terem infringido.

De acordo com os resultados da reunião do último Grupo de Contato de 6 de maio, os participantes conseguiram formar quatro subgrupos de trabalho sobre aspectos específicos da resolução do conflito: segurança, assuntos políticos, assuntos econômicos e os problemas dos refugiados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала