Reformas da defesa provocam protestos no Japão

© AP Photo / Eugene HoshikoReformas da defesa provocam protestos no Japão
Reformas da defesa provocam protestos no Japão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O gabinete de ministros do Japão aprovou nesta quinta-feira (14) na reunião de emergência o pacote de projetos de lei que pela primeira vez após a Segunda Guerra Mundial autorizará as forças de autodefesa a participarem em combates fora do país.

A decisão tomada levou a protestos no Japão e à preocupação fora do país.

As manifestações começaram perto do escritório do premiê japonês, Shinzo Abe, em Tóquio às 8h da manhã. O protesto é organizado pelo “Movimento para o recolhimento de um milhão de assinaturas como forma de parar a guerra”.

Japanese Prime Minister Shinzo Abe addresses a joint meeting of the U.S. Congress on Capitol Hill in Washington, April 29, 2015 - Sputnik Brasil
Shinzo Abe sente remorso por ações do Japão na Segunda Guerra Mundial
As palavras de ordem da manifestação foram “Somos contra a aprovação de leis militaristas pelo governo!”, “Somos contra o uso do direito de defesa coletiva!” e “Fora projetos de lei de Abe!”.

O membro do movimento Junichi Kawazoe explicou, em entrevista à Sputnik, por que os japoneses se manifestam contra as reformas de Shinzo Abe na área da defesa:

“O Japão, anteriormente um país agressivo, matou muitas pessoas. Lembrando a história, todos nós prestamos juramento de impedir a guerra. E a aceitação destas leis leva à repetição da história, empurra o Japão para a guerra”.

A perspectiva de introdução de novas leis da defesa pelo parlamento japonês provoca preocupação fora do Japão, inclusive na Coreia do Sul. O editor-chefe do Instituto de Estudos Políticos de Asan, Ahn Sung Kyoo, opina:

Shinzo Abe e Xi Jinping - Sputnik Brasil
A dura escolha do Japão
“Seul está muito preocupada pelo fato de que as forças de autodefesa do Japão poderão estar colocadas na península coreana. Mesmo durante os tempos da Guerra da Coreia entre o sul e o norte do país, os cidadãos do sul recusaram-se a aceitar a participação das forças japonesas. O Japão e a Coreia do Sul têm uma história difícil, marcada pelo militarismo japonês. Este é um fato que ainda provoca percepção dolorosa na Coreia do Sul com qualquer aumento do poder militar japonês na região.”

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала