Verizon anuncia incorporação da AOL por US$ 4,4 bilhões

© AFP 2022 / PAUL J. RICHARDS Verizon
Verizon - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Após 30 anos de atividades, a AOL decidiu negociar suas ações com a gigante das telecomunicações Verizon, que pagará cerca de US$ 4,4 bilhões pela pioneira da internet.

Afundada em dívidas que chegam a US$ 300 milhões, a antiga America Online, chegou a um acordo com a Verizon nesta terça-feira. A transação envolverá uma oferta pública seguida de uma fusão, após a qual a AOL se tornará uma subsidiária. 

Criada em 1985, a empresa conseguiu atrair, nos primórdios da internet, mais de 26 milhões de usuários nos Estados Unidos para suas conexões discadas, se tornando umas das maiores companhias do setor tecnológico. Em 2001, se fundiu com a Time Warner em um negócio avaliado em US$ 165 bilhões, ainda considerado um dos mais significativos da história. 

Com a migração dos consumidores para os serviços de banda larga, a companhia acabou perdendo espaço no mercado.  E, apesar de manter alguns dos sites mais populares dos EUA e ser dona de vários sistemas de anúncios digitais e de streaming de vídeos, não conseguiu reverter as grandes perdas.

Segundo um portal especializado no assunto, a expectativa é a de que a transação seja oficialmente concluída entre junho e setembro deste ano. Com isso, a Verizon, maior operadora de telefonia móvel do país, espera mergulhar de vez nos serviços de streaming e anúncios direcionados, hoje dominados por gigantes como Google e Facebook, entre outros. 
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала