Governo grego autoriza pagamento de 750 milhões de euros ao FMI

Nos siga noTelegram
O governo grego vai pagar cerca de 750 milhões de euros em dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI). A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 11 de maio, em Bruxelas, durante reunião do Eurogrupo.

Líderes dos BRICS na sexta reunião de cúpula, realizada em Fortaleza nos dias 15 e 16 de julho de 2014 - Sputnik Brasil
Rússia convoca Grécia para ser sexto integrante de banco dos BRICS
Segundo o Ministério de Finanças da Grécia, o governo liderado por Alexis Tsipras deu a ordem para que seja feito o desembolso ao FMI. A dívida vence nesta terça-feira, 12 de maio. O gesto foi interpretado como um sinal de que o país continua a querer honrar os compromissos.

A ordem de pagamento foi dada no mesmo dia em que os ministros de Finanças da zona do euro debateram os problemas de liquidez da Grécia. O FMI só deve confirmar o recebimento do dinheiro nas próximas 24 horas.

Bandeiras da Grécia, Atenas - Sputnik Brasil
Grécia paga € 200 milhões de juros ao FMI
Desde fevereiro, quando o programa de resgate da Grécia foi estendido até junho, o Grupo de Bruxelas – que reúne a Grécia e as instituições que formavam a troika (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional – discute a transferência de 7,2 bilhões de euros aos cofres gregos, como parte da última parcela do atual programa de resgate. Em troca, os credores analisam a viabilidade das reformas propostas pelo governo de Tsipras.

Além do desembolso de 750 milhões de euros ao FMI, o governo grego precisa, ainda em maio, refinanciar 1,4 bilhões de euros em títulos do Tesouro. Em junho, mais de 1,5 bilhão de euros terão de ser pagos ao FMI em vários desembolsos, segundo informação da Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала