Mortes de policiais em serviço nos EUA aumentaram quase 90% no último ano

© AFP 2022 / Brendan SMIALOWSKIEntrada do edifício J. Edgar Hoover, sede do FBI
Entrada do edifício J. Edgar Hoover, sede do FBI - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 50 policiais foram mortos nos Estados Unidos em 2014 em decorrência de atos criminais, o que representa uma alta de 89% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados hoje pela Agência Federal de Investigação, o FBI.

Nos últimos meses, o país sofreu várias ondas de distúrbios e tensões raciais por conta da violência policial contra a população negra. Dos 51 agentes assassinados no ano passado, 46 foram vítimas de armas de fogo, contra apenas 27 em 2013. No entanto, de acordo com as autoridades norte-americanas, as estatísticas ainda estão distantes daquelas dos anos 1980, quando a média era de 64 policiais mortos por ano. 

Em mensagem ao público, o diretor do FBI, James Comey, reconheceu que a relação entre as forças de segurança e as comunidades americanas é particularmente difícil, mas disse que é preciso acabar com as divisões e prestar homenagem aos policias que se sacrificaram tentando garantir a segurança dos cidadãos. 

Na noite do último sábado, dois agentes foram executados em Hattiesburg, no estado do Mississipi, ao pararem um carro para identificar seus ocupantes. Dois suspeitos foram presos. O crime, o primeiro do tipo na cidade em trinta anos, foi qualificado pela secretária de Justiça dos EUA, Loretta Lynch, como chocante e assustador.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала