Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia fornecerá 100 aviões Sukhoi à China e ao sudeste asiático

Nos siga no
A russa United Aircraft Corporation (UAC) planeja, por meio de uma empresa de leasing, fornecer 100 aviões Sukhoi Superjet 100 ao longo de três anos ao mercado chinês e ao sudeste asiático, informam à Sputnik fontes próximas à transação.

"O consórcio de investidores que integram o Fundo Russo-chinês de Investimentos, a UAC, o Comitê da Nova Região de Xinyang e a companhia chinesa New Century International Leasing chegaram a um acordo para fundar uma empresa de leasing para promover o avião de passageiros Shukhoi Superjet 100 no mercado da China e da Ásia", disse uma das fontes. Ela também afirmou que o acordo será assinado em breve.

Jato chinês J-11. - Sputnik Brasil
Caça chinês fabricado a partir do russo Su-27 faz voo inaugural
Segundo outra fonte, de acordo com os convênios acordados, o consórcio planeja criar uma empresa de leasing conjunta, com infraestrutura na cidade de Xinyang, na província de Shanxi. A intenção não é produzir o avião russo na China, mas criar um centro de personalização, onde serão instalados os interiores específicos às aeronaves produzidas na Rússia e os aviões ganharão as respectivas cores. Até o momento, não há acordos com companhias aéreas.

O Sukhoi Superjet 100  é produzido pela Sukhoi Civil Aircrafts, cujos acionistas são a companhia russa Sukhoi e a italiana Alenia Aermacchi. Desde o início da linha de montagem, já foram produzidos 99 Sukhoi Superjet 100. A primeira aeronave foi entregue em 2011. Cada avião custa US$ 36 milhões.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала