Irã libera navio cargueiro retido na semana passada

© Ingo Wagner / DPAUm cargueiro da Maersk.
Um cargueiro da Maersk. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Irã informou a liberação do navio de contêineres Tigris, da dinamarquesa Maersk, uma das maiores empresas de transporte marítimo do mundo. A embarcação, de bandeira das Ilhas Marshall, fora retido da semana passada. À bordo, estavam 24 tripulantes

Helicópteros decolam do USS Theodore Roosevelt (CVN71) - Sputnik Brasil
Marinha dos EUA acompanha navios britânicos na costa do Irã
O cargueiro teria, segundo as autoridades do Irã, entrado em águas territoriais iranianas pelo Estreito de Hormuz, no dia 28 de abril. O navio foi apreendido com base em uma decisão judicial sobre dívidas não pagas.

A companhia de energia do Irã Pars Talayieh tinha um processo contra a empresa de transporte de contêineres Maersk sobre danos ocorridos há mais de uma década, quando a acusou de não entregar uma carga para Jebel Ali, Emirados Árabes Unidos, em 2003.

O diretor da Pars Talayieh, Hamid Reza Jahanian, já havia dito a agência de notícias Fars que o navio seria libertado mediante o pagamento de uma indemnização à empresa iraniana, no valor de US$ 3,6 milhões, como compensação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала