Mogherini: UE espera por negociações positivas com Irã

© REUTERS / Vincent Kessler Chefe de política externa da UE, Federica Mogherini
Chefe de política externa da UE, Federica Mogherini - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
União Europeia está decidida a contribuir para a conclusão positiva das negociações sobre o programa nuclear iraniano. As partes estão prontas para iniciar os preparativos de um projeto do acordo final, disse a Alta Representante para Assuntos Diplomáticos da União Europeia, Federica Mogherini.

Autoridades do Irã e do P5+1 reunidas em Lausanne nesta segunda-feira (30) para discutir o programa nuclear de Teerã - Sputnik Brasil
"Sexteto" e Irã alcançaram acordo sobre 85% das questões do programa nuclear
A autoridade europeia, em visita a Nova York, deve encontrar o chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif. Ainda na quarta-feira, 29 de abril, Mogherini deve se encaminhar a Washington, para se reunir com secretário de Estado dos EUA, John Kerry.

“Acredito na possibilidade de uma discussão produtiva sobre o tema, já que as nossas equipes retomaram o trabalho e pretendem realizar uma sessão para preparar o documento ainda esta semana”, informou Mogherini aos jornalistas. 

“Provavelmente abordarei todos o aspectos que devemos aprimorar para o acordo definitivo planejado para fim de julho” disse a chefe da diplomacia europeia.  

A diplomata afirmou que a contribuição às negociações sobre o programa nuclear é sua prioridade.  

“Vejo isso como o meu objetivo principal: garantir que as negociações aconteçam de modo positivo. Positivo significa que o Irã não poderá desenvolver armamentos nucleares, mas terá direito ao programa nuclear de caráter pacífico, assim como qualquer outro país. Isso, na minha opinião, poderá ser uma contribuição importante para a segurança e a estabilidade da região”, disse ela.

Wu Hailong, Laurent Fabius, Frank-Walter Steinmeier, Federica Mogherini, Javad Zarif, Alexey Karpov, Philip Hammond e John Kerry - Sputnik Brasil
Líderes chegam a acordo sobre programa nuclear iraniano
Segundo Mogherini, a garantia da ausência de armas nucleares no Irã ajudará a promover o país para posições de destaque na região.

“Eu entendo bem as preocupações de outros países na região, não somente árabes, sobre o Irã”, considerou a diplomata.

“A melhor abordagem é, por um lado, alcançar um resultado positivo nas negociações nucleares, para ter certeza de que eles não conseguem desenvolver uma bomba atômica. Por outro, convocar o Irã a desempenhar um papel importante e positivo na região. Inclusive na Síria, onde pode influenciar o regime atual à participar do processo de transição”, concluiu Mogherini.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала