Motoqueiros russos entregarão mensagem de veteranos de guerra na UE

© Sputnik / Vitaliy Belousov  / Abrir o banco de imagensGrupo de motoqueiros russos "Lobos Noturnos"
Grupo de motoqueiros russos Lobos Noturnos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O grupo de motoqueiros russos “Lobos Noturnos”, que foi impedido de entrar na Polônia na última segunda-feira, pretende entregar aos veteranos de guerra da União Europeia mensagens de veteranos russos da Segunda Guerra Mundial.

O líder do grupo, Aleksandr Zaldostanov, disse aos jornalistas nesta terça-feira, 28, em Brest, que a “mensagem de veteranos russos das regiões russas de Orel e Tula será entregue aos veteranos da Polônia, República Tcheca, Eslováquia e Alemanha”. 

Ele não especificou os detalhes da transmissão de mensagem dos ex-combatentes. “Para que eu vou falar sobre isso? Mas daqui a dois dias vocês vão saber disso”, disse o líder motoqueiro, observando somente que a mensagem seria entregue pelos “nossos motoqueiros russos”. 

Grupo de motoqueiros russos Lobos Noturnos - Sputnik Brasil
Polônia e Alemanha negam entrada a motoqueiros russos
Zaldostanov leu a mensagem feita pelos veteranos russos: “A cada dia que passa somos cada vez menos, mas a bandeira da vitória sobre o fascismo não deve cair junto com o último de nós”, diz o texto. 

O grupo de motoqueiros “Lobos Noturnos” resolveu comemorar os 70 anos da Vitória sobre as forças nazistas na Segunda Guerra Mundial refazendo a trajetória do exército vermelho de Moscou a Berlim. A empreitada começou no dia 25 de abril e o plano era finalizar a travessia no dia 9 de maio, no Dia da Vitória na Rússia. No entanto, os motoqueiros foram impedidos de atravessar fronteira da Polônia na última segunda-feira.   

Vale notar que o líder do grupo de motoqueiros, Alexander Zaldostanov, figura na lista de pessoas sancionadas pelo Ocidente por conta da situação na Ucrânia. Ele é um dos organizadores do movimento “Antimaidan” na Rússia, que se dirige contra os protestos de Kiev que resultaram no golpe de Estado que depôs o então presidente ucraniano Viktor Yanukovich.  


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала