Donbass terá lei marcial se exército ucraniano for atacado

© AP Photo / Sergei ChuzavkovPresidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko
Presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, declarou que a lei marcial será decretada de forma imediata se os exércitos ucranianos forem atacados em Donbass.

“Nós temos o dever de defender a paz e se os exércitos ucranianos forem atacados, poderemos fazer todo o necessário para garantir a sua segurança. Uma lei marcial será decretada imediatamente” — disse Poroshenko em entrevista ao canal de televisão Ukraina.

Presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko - Sputnik Brasil
Poroshenko alerta para possíveis cenários em Donbass após 9 de maio
O presidente acrescentou que irá apresentar ao parlamento um projeto de lei relativo a esta resolução.

Desde meados de abril de 2013 a Ucrânia começou a realizar uma operação militar para atacar as forças independentistas no leste da Ucrânia. Estas não reconhecem a legitimidade das novas autoridades ucranianas que chegaram ao poder após um golpe de Estado em Kiev.

Os Acordos de Minsk assinados pelo “quarteto da Normandia” (Alemanha, Rússia, França e Ucrânia) em 12 de fevereiro de 2015 preveem a retirada de tropas e o cessar-fogo completo para a criação de uma zona de segurança, mas os representantes de Donetsk e Lugansk têm repetidamente declarado que Kiev viola os acordos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала