Cristina Kirchner discute assuntos internacionais com Vladimir Putin

© Evgeny BiyatovPresidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, durante o encontro com o presidente russo, Vladimir Putin
Presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, durante o encontro com o presidente russo, Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Acaba de começar, em Moscou, o encontro entre os presidentes russo e argentina.

A reunião está tendo lugar no Kremlin, em Moscou.

Antes da reunião com Vladimir Putin, a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, colocou flores ao Túmulo do Soldado Desconhecido no centro de Moscou.

No segundo dia da sua visita oficial à Rússia e três semanas antes do Dia da Vitória, Cristina Kirchner homenageou os soldados soviéticos caídos na Segunda Guerra Mundial.

A cerimônia solene aconteceu pouco antes do encontro da presidente argentina com o seu colega russo, prevista para esta quinta-feira (23).

Segundo previsões oficiais, os presidentes podem discutir parceria internacional dentro de grupos como G20 e ONU, assim como a situação na Ucrânia.

Cristina Fernández de Kirchner - Sputnik Brasil
Presidentes da Argentina e Rússia discutirão Ucrânia e blocos internacionais
Além disso, Cristina Kirchner trouxe consigo uma importante delegação comercial e econômica do seu país. Na quarta-feira, os argentinos já participaram de um encontro empresarial, em que sublinharam que o estreitamento da parceria com a Rússia é algo muito importante.

Vários especialistas e políticos afirmam que o processo de aproximação com a Rússia é algo de que a Argentina precisa para tornar-se mais independente dos EUA, que irão assim perder uma parte considerável de controle sobre a região latino-americana.

Além disso, vale notar que a presidente Kirchner está terminando seu último mandato. Ela não poderá se candidatar nas eleições de outubro. E a visita presidencial atual pode significar um recado para os sucessores de Kirchner, para que eles sigam com esta parceria importante.

Após a reunião, foi combinado que o tema da renúncia ao dólar nas relações comerciais entre os dois países será discutido. Também o presidente russo prometeu reforçar o processo de instalação do sistema de navegação por satélite russo Glonass na Argentina.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала