Afeganistão: EUA não vão impedir amizade com Irã

© AFP 2022 / ATTA KENAREEncontro dos presidentes Hassan Rouhani e Ashraf Ghani
Encontro dos presidentes Hassan Rouhani e Ashraf Ghani - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos impedem que o Irã e o Afeganistão se aproximem, enquanto a sua união poderia restaurar a ordem na região, relatam a mídia local depois do encontro dos presidentes Hassan Rohani e Ashraf Ghani.

Durante encontro, os líderes assinaram dois acordos de cooperação e discutiram questões regionais e internacionais. 

Combate contra Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Irã: EUA fornecem armas ao Estado Islâmico
Na conferência de imprensa conjunta na capital iraniana, Ashraf Ghani, declarou que na história das relações entre os dois países se abriu uma "nova página", informa a agência afegã Pazhvok. Hassan Rohani, por sua vez, disse que Teerã e Cabul aumentam o nível de cooperação na luta contra o tráfico de drogas e terrorismo.  Vários especialistas consideram a formulação pouco clara como a intenção evitar o aparecimento de terroristas de Estado Islâmico na fronteira iraniano-afegã. 

Como foi observado por cientistas políticos no Irã e Afeganistão, as negociações revelaram que Cabul, em questões de segurança nacional, "prefere a cooperação com o Irã ao triângulo os EUA — Arábia Saudita — Paquistão".

Antes do encontro com Rohani, Ghani se encontrou com o aiatolá Ali Khamenei que também expressou preocupação com as atividades dos EUA e alguns países da região, que estão em oposição às relações amistosas entre o Afeganistão e o Irã.

Khamenei sublinhou que a situação de instabilidade no Afeganistão representa uma ameaça para o Irã, e o bem-estar, ao contrário, tem um impacto positivo no seu país. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала