Mortos no conflito sírio somam mais de 220 mil pessoas

© Sputnik / Andrei Stenin / Abrir o banco de imagensBandeira da Síria
Bandeira da Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) divulgou nesta quinta-feira (16) que mais de 220 mil pessoas morreram em virtude dos conflitos na Síria. A trágica estatística contabiliza as perdas humanas desde março de 2011, quando eclodiu a revolta contra o regime do presidente Bashar al Assad.

A ONG, porém, acredita que o número real seja superior. Os 20 mil desaparecidos não estão incluídos no somatório da OSDH, cujo total exato registrado é de 222.271 pessoas mortas. Destes, 67.293 seriam civis, sendo 11.021 crianças.

A OSDH contabilizou as mortes de 39.848 rebeldes sírios e 34.872 jihadistas estrangeiros mortos. Já as perdas dos aliados de Bashar al Assad seriam 46.843 soldados sírios, 34.872 milicianos das Forças de Defesa Nacional, 683 xiitas do Hezbollah e 2.844 de outros países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала