Riscos fiscais para a economia mundial permanecem elevados, diz diretor do FMI

Sede da FMI em Washington
Sede da FMI em Washington - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os riscos fiscais para a economia mundial permanecem elevados, afirmou o diretor do departamento de Assuntos Fiscais do FMI, Vitor Gaspar, em conversa com jornalistas nesta quarta-feira.

"A dívida pública elevada coloca empecilhos para o crescimento econômico e também traz preocupações sobre a sustentabilidade dos déficits em alguns países avançados", afirmou ele, segundo a Agência Estado.

Nos países emergentes, Gaspar destacou que a atividade econômica está se desacelerando. Além disso, o aumento da volatilidade nas moedas e no mercado financeiro elevou os custos de financiamento dos governos para alguns mercados. Para os exportadores de petróleo, um desafio adicional foi a forte queda dos preços da commodity desde meados do ano passado.

"Neste ambiente, a política fiscal continua a desempenhar um papel essencial para apoiar o crescimento e melhorar a confiança", afirma o diretor do FMI. "Nesse cenário, é essencial que os governos fortaleçam o arcabouço fiscal para gerenciar riscos às finanças públicas e assegurar a sustentabilidade das dívidas', ressaltou Gaspar.

"Agora é o momento para implementar políticas fiscais para garantir um crescimento sustentável", disse ele, citando que uma das prioridades é usar uma política fiscal que estimule a estabilidade macroeconômica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала