Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA: sanções contra Cuba, não relacionadas ao terrorismo, serão mantidas

© Sputnik / Oleg Lastochkin / Abrir o banco de imagensBandeira da Cuba
Bandeira da Cuba - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os EUA devem manter as sanções econômicas, não relacionadas ao terrorismo, contra Cuba, informou aos jornalistas um representante da Casa Branca.

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, cumprimenta Raul Castro, presidente de Cuba - Sputnik Brasil
Casa Branca vai excluir Cuba da lista de países que patrocinam terrorismo
“As sanções econômicas contra Cuba serão mantidas. Maior parte das transações com Cuba seguirão sendo proibidas pelo ministério das Finanças (dos EUA)”, afirmou uma fonte na Casa Branca, segundo a agência RIA Novosti. 

Segundo o oficial da administração presidencial norte-americana, com a exclusão de Cuba da lista de países patrocinadores de terrorismo, serão revogadas somente as sanções aplicadas para esta lista.  

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, encaminhou nesta terça-feira uma carta para o congresso, solicitando a exclusão de Cuba da lista de países que patrocinam o terrorismo. Cuba foi incluída na lista em 1982, quando os Estados Unidos acusaram o governo de Fidel Castro de promover uma "revolução armada iniciada por organizações que usaram o terrorismo" na América Latina.

EUA e Cuba anunciaram uma série de medidas para normalização das relações entre os dois países em dezembro de 2014. Com a exclusão de Cuba, os países restantes na lista dos EUA são Irã, Sudão e Síria.


Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала