FSB: Estado Islâmico tenta recrutar militantes no Norte do Cáucaso

© AFP 2022 / MAXIM MARMUR Sede do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em Moscou
Sede do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Estado Islâmico tem tentado recrutar militantes no Norte do Cáucaso, segundo informou nesta sexta-feira (10) o primeiro vice-diretor do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB), Sergei Smirnov, depois de uma reunião do Conselho Regional de Estrutura Antiterrorista da Organização de Cooperação de Xangai em Tashkent, capital do Uzbequistão.

Logo da rede de TV francesa TV5 Monde - Sputnik Brasil
Rede de televisão francesa é invadida por hackers ligados ao Estado Islâmico
"Um dos riscos do Estado islâmico é que ele está começando a se infiltrar em outras organizações terroristas. Eles tomaram interesse especial na organização terrorista Imarat Kavkaz", disse Smirnov, em referência ao movimento que procura impor um emirado no Cáucaso, subjugado à lei islâmica da Sharia.

Ele acrescentou que "alguns comandantes de campo do Imarat Kavkaz já juraram lealdade ao Estado Islâmico” e alertou que "esta é uma tendência muito perigosa", na medida em que revela a tentativa do grupo de expandir a zona de seus interesses e influência.

Militantes do Estado Islâmico na Síria - Sputnik Brasil
Promotora do Tribunal de Haia diz não poder investigar Estado Islâmico
"Devemos conceber medidas específicas conjuntas de resistência a isto", disse o Smirnov, a respeito da cooperação com os membros da Organização de Cooperação de Xangai. Como exemplo de cooperação eficaz, ele mencionou os esforços conjuntos dos russos e dos uzbeques para minar a atividade do Hizb ut-Tahrir, uma organização internacional sunita pan-islâmica cujo objetivo é que todos os países muçulmanos se unifiquem em um único estado islâmico ou califado, regido por lei islâmica, e com um califa chefe de Estado eleito por muçulmanos.

Ainda de acordo com o vice-diretor do FSB, os dados da agência russa indicam que cerca de 1.700 pessoas na Rússia podem estar envolvidas nas atividades do Estado Islâmico.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала