Prefeito de Caracas é acusado formalmente por conspiração contra governo da Venezuela

© AP Photo / Rodrigo AbdBandeira da Venezuela
Bandeira da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, foi formalmente acusado por conspiração contra o governo da Venezuela, por ter prestado apoio a grupos que tentam desestabilizar a situação no país, informou nesta terça-feira a procuradoria venezuelana.

Antonio Ledezma - Sputnik Brasil
Prefeito de Caracas vai preso
Antonio Ledezma foi preso em fevereiro de 2015. Na ocasião, o presidente Nicolás Maduro culpou o político por mortes, ocorridas durante os protestos de 2014, bem como de ter participado da orquestração de um eminente golpe de Estado. A oposição venezuelana protestou fortemente na época, pois a autoridade havia sido presa sem mandato formal. 

“O procurador José Luis Orta acusou o prefeito de crimes de conspiração e associação ilícita, cuja punição é prevista conforme o código penal e legislação relativa ao crime organizado e financiamento do terrorismo”, informa o comunicado da procuradoria.

A procuradoria solicitou a manutenção da prisão de Ledezma. 

Enquanto isso, Mitzy Capriles, esposa de Antonio Ledezma, está no Panamá, onde deverá participar nos eventos da Cúpula das Américas para apresentar o seu caso e buscar apoio para o político venezuelano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала