Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Primeiro-ministro sueco não irá a Moscou participar dos 70 anos do Dia da Vitória

© Sputnik / Alexander Vilf / Abrir o banco de imagensDesfile militar do Dia da Vitória em 2014
Desfile militar do Dia da Vitória em 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro-ministro sueco, Stephen Leven, não irá a Moscou para celebrar o 70º aniversário da vitória sobre as forças nazistas na Segunda Guerra Mundial. A informação foi divulgada pelo o canal de TV SVT.se.

Segundo a porta-voz do chefe de governo da Suécia, Anna Ekberg, a decisão de não comparecer às celebrações do Dia da Vitória foi devido à posição da Rússia sobre o conflito ucraniano. 

Foi relatado que a Suécia será representada pelo embaixador do país na Rússia durante as comemorações. 

Veteranos da Segunda Guerra Mundial celebrando o Dia da Vitória no Parque Gorky de Moscou, em 09 de maio de 2013. - Sputnik Brasil
Kremlin: ausência de líderes ocidentais não vai estragar a festa no Dia da Vitória
No total, 26 chefes de Estado já confirmaram a participação nas celebrações do aniversário de 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial, em Moscou, no dia 9 de maio.

Segundo a diplomacia russa, os convites foram enviados a 68 chefes de Estado, assim como a autoridades da ONU, Conselho da Europa, UNESCO e chefes da União Europeia. Em meio às tensas relações da Rússia com o Ocidente devido à crise ucraniana, muitos líderes disseram que não compareceriam à parada militar no Dia da Vitória


Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала