BRICS não cria seu banco, mas um banco de todos

© Marcelo Camargo/ Agência BrasilBandeiras nacionais dos países membros do BRICS
Bandeiras nacionais dos países membros do BRICS - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Novo Banco de Desenvolvimento, cuja criação foi oficializada pelos BRICS na cúpula em Fortaleza em julho de 2014, irá aceitar novos membros no futuro. Por isso, não se chamará Banco dos BRICS, sendo um “banco de participação aberta”, disse o sous-sherpa da Rússia no grupo, Vadim Lukov.

O diplomata russo informou que um dos objetivos da presidência rotativa da Rússia é a "aceleração do começo do funcionamento do Novo Banco de Desenvolvimento e do Arranjo Contingente de Reservas dos BRICS".

O diplomata lembrou que a Rússia foi o primeiro país a ratificar o acordo da criação do Novo Banco de Desenvolvimento. "O acordo do estabelecimento do Arranjo Contingente de Reservas também será ratificado nas próximas semanas", disse Lukov.

O Novo Banco de Desenvolvimento é uma das instituições previstas no quadro do desenvolvimento dos BRICS. Terá o capital de 100 bilhões de dólares e terá como objetivo o financiamento de projetos de infraestrutura nos países dos BRICS e nos países emergentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала