Ucrânia surpreende UE ao usar empréstimo para construir muro na fronteira

© REUTERS / Maksim LevinSoldado ucraniano na região de Lugansk
Soldado ucraniano na região de Lugansk - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Ucrânia planeja começar a construir um muro na fronteira com a Rússia no início de abril. Não agrada a Bruxelas que Kiev gaste com isso uma grande parte do pacote de auxílio financeiro da União Europeia.

A construção do muro na fronteira com a Rússia é esperada para o começo deste mês de abril, mas países da União Europeia estão nada empolgados com o projeto, relata o "Deutsche Wirtschafts Nachrichten".

Um acordo com a União Europeia aborda o fortalecimento das fronteiras ucranianas, mas não a construção do muro, afirmou a porta-voz da UE, Maya Kosyanchich.

Soldados do exército da Ucrânia em tanques na cidade de Mariupol - Sputnik Brasil
Merkel: falta transparência na retirada de armas pesadas na Ucrânia
A intenção de construir um muro seguindo o modelo de Berlim foi anunciada pelo primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatsenyuk, em setembro de 2014. O político afirmou que só assim a Ucrânia poderia estabelecer uma verdadeira fronteira nacional.

A grade eletrificada com arame farpado, acompanhada do uso de minas terrestres, deve ter 2 mil quilômetros de extensão e custará cerca de 100 milhões de euros. O projeto será financiado principalmente por cidadãos que pagam impostos à União Europeia, o que, obviamente, não deixa muitos países do continente muito empolgados com o projeto.

O muro, em particular, será construído ao longo das regiões de Kharkiv e Lugansk — esta, atualmente, está sob o controle de separatistas. Não se sabe como será a construção do muro em Lugansk, já que a iniciativa pode levar a uma nova escalada na violência na região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала