Terroristas passam por treinamento no País de Gales

© AFP 2022 / JUSTIN TALLISPolícia britânica
Polícia britânica - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em 2010, jovens inspirados pela al-Qaeda foram presos enquanto planejavam ataques terroristas no Reino Unido após serem fotografados em reuniões secretas no País de Gales.

Locações rurais no País de Gales vêm sendo usadas para radicalizar muçulmanos e treinar práticas terroristas, afirmou nesta quarta-feira um oficial da Unidade de Contraterrorismo do País de Gales.

"(As regiões de) Ceredigion, Pembrokeshire e Powys foram utilizadas para treinar radicalização. Essas pessoas aparecem e participam de atividades aparentemente comuns, mas têm um outro motivo", afirmou o detetive Gareth Jones, segundo o Wales Online.

Jones, que falou ao Conselho do Condado de Ceredigion, ressaltou que o terrorismo também afeta regiões rurais e notou a importância de investigações iniciadas pela população.

"É realmente vital que observemos com atenção qualquer relato que venha da comunidade. Não queremos que esse tipo de informação se perca", disse.

Em 2014, autoridades do Reino Unido revelaram que um dos assassinos do fuzileiro naval Lee Rigby, o muçulmano convertido Muchael Adebowale, de 22 anos, estudou árabe em uma faculdade islâmica perto da cidade fronteiriça de Llanybydder, no País de Gales. Rigby foi brutalmente esfaqueado até a morte em Londres, em 2012.

Em 2010, jovens inspirados pela al-Qaeda foram presos enquanto planejavam ataques terroristas no Reino Unido. Eles foram fotografados em reuniões secretas no País de Gales.

Dois dos terroristas responsáveis pelos bombardeios no metrô de Londres, em 2005, também se encontravam em regiões rurais do País de Gales antes dos ataques.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала