- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Putin: Rússia usará potencial dos BRICS para “fortalecer a segurança mundial”

© Sputnik / Michael Klimentyev / Abrir o banco de imagensVladimir Putin, presidente da Rússia
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia procurará utilizar o potencial das economias emergentes dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) para reforçar a segurança no mundo, segundo declarou o presidente russo Vladimir Putin nesta quarta-feira (1º), dia em que o país assume a presidência rotativa do grupo.

Bandeiras nacionais dos países membros do BRICS - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Brasil passa a presidência rotativa dos BRICS para a Rússia
O líder russo observou que a cúpula na cidade de Ufa, planejada para o início de julho, será realizada em meio às comemorações do 70º aniversário da vitória soviética na Grande Guerra Patriótica contra a Alemanha nazista e do fim da Segunda Guerra Mundial.

"Com a devida consideração pelas trágicas lições do passado, os países BRICS defendem consistentemente a solução pacífica dos conflitos internacionais e condenam qualquer tentativa violenta de pressão e interferência nos assuntos internos de Estados soberanos", disse Putin, em um comunicado publicado no site da presidência russa no BRICS.

Líderes dos BRICS na sexta reunião de cúpula, realizada em Fortaleza nos dias 15 e 16 de julho de 2014 - Sputnik Brasil
Embaixador comenta mudança de comando nos BRICS e expectativa para próxima cúpula
"A presidência russa será orientada exatamente no sentido do máximo uso eficiente das possibilidades dos cinco [países] para reforçar a segurança e a estabilidade no mundo", ressaltou.

Bandeiras dos BRICS - Sputnik Brasil
BRICS permanecem no palco internacional e elaboram posição comum sobre Ucrânia
O presidente russo destacou que os cinco países do grupo somam quase metade da população mundial e cerca de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) global. Ele afirmou ainda que "durante este período de tempo bastante curto, o formato de cooperação provou estar em demanda e ser eficiente", e disse que o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul "estão cada vez mais coordenando suas abordagens para as questões-chave da agenda internacional, assumindo assim um papel ativo na formação de uma ordem mundial multipolar e no desenvolvimento de um modelo moderno para o sistema global de finanças e comércio".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала