Shell cada vez mais perto de retornar ao Ártico

Nos siga noTelegram
O Departamento do Interior dos Estados Unidos deixou a petrolífera Royal Dutch Shell mais perto de retornar à região ártica, ao aprovar hoje um contrato de arrendamento, de 2008, para explorar poços no Mar de Chukchi, no Alasca.

Em fevereiro de 2013, a empresa decidiu suspender sua atividade de extração de petróleo offshore no Oceano Ártico após diversos problemas técnicos e acidentes na região. 

Segundo a Secretária do Interior dos EUA, Sally Jewell, o Ártico é um importante componente da estratégia nacional de energia da atual administração, que está comprometida a manter uma abordagem séria e equilibrada para a exploração dos recursos naturais do Alasca. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала