União Africana: eleições na Nigéria foram democráticas

Nos siga noTelegram
A União Africana emitiu nesta segunda-feira (30) um comunicado destacando que sua missão de acompanhamento da eleição na Nigéria considerou que o pleito aconteceu de “modo satisfatório dentro dos princípios continentais e regionais” democráticos.

Logo do Boko Haram - Sputnik Brasil
Ataques do Boko Haram matam duas pessoas em dia de eleições na Nigéria
Aproximadamente 69 milhões de nigerianos estavam aptos a votar no sábado (28) ou no domingo (29) para escolher o presidente da república, 109 senadores e 360 deputados. Pela primeira vez na história do país, os eleitores foram identificados a partir da tomada de impressões digitais, como forma de se evitar fraudes.

Missões de observadores de outros organismos internacionais, como as Nações Unidas e a União Europeia, também acompanharam as eleições na Nigéria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала